No dia 12 de Março de 2012 recebemos a palestra do prof. Jorge Sá Silva, da Universidade de Coimbra.  O prof. Jorge Sá é pesquisador da área de redes de sensores e veio ao Brasil participar de algumas bancas e conhecer algumas universidades federais. Como a UFOP tem fortes relações com universidades portuguesas, foi uma boa oportunidade para construção de um vinculo inter-institucional.

Link para os slides: [Slides]
Tema: Redes de Sensores em Ambientes Industriais

Resumo

Os recentes avanços verificados nas comunicações sem fios, na electrónica e nos processos de miniaturização possibilitaram o
desenvolvimento de nós de sensores multi-funcionais, de baixo custo, de consumo reduzido, de pequenas dimensões e com capacidades de comunicação para reduzidas distâncias. Estes nós, com componentes de controlo, de comunicação e de processamento muito simples, apresentam-se totalmente inovadores quando comparados com os tradicionais sensores cablados. A Business Week
(http://www.businessweek.com/) seleccionou as Redes de Sensores Sem  Fios (RSSFs) como uma das 21 tecnologias mais importantes no século XXI, enquanto a Technology Review (http://www.technologyreview.com/) colocou as RSSFs no ranking das 10 mais importantes tecnologias emergentes. Embora seja uma tecnologia que se apresenta, em alguns aspectos, em estados embrionários, o desenvolvimento de ambientes de desempenho controlado, o suporte à mobilidade e a diferentes níveis de qualidade de serviço permitirá às RSSFs substituir a médio prazo os sistemas tradicionais de monitorização oferecendo, assim, soluções
económicas e flexíveis.

Nesta palestra será apresentado o trabalho desenvolvido pelo grupo LCTsense (http://lctsense.dei.uc.pt/) da Universidade de Coimbra, nomeadamente os modelos de mobilidade, segurança e fiabilidade para as RSSFs. Será ainda apresentado o projecto europeu GINSENG (http://www.ict-ginseng.eu/) onde se procuram desenvolver modelos robustos e ferramentas de monitorização para ambientes industriais.

Informação sobre o orador:
Jorge Sá Silva é Professor Auxiliar com Nomeação Definitiva no Departamento de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências e
Tecnologia da Universidade de Coimbra (UC) e investigador sénior do Grupo de Comunicações e Telemática do Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra. As suas áreas de investigação incluem as redes de sensores sem fios, a mobilidade e os protocolos de redes. As suas publicações incluem vários artigos em revistas e actas de conferências da área. Participa activamente em várias iniciativas e projectos europeus como: FP5 E-NET, FP6 NoE E-NEXT, FP6 IP EuQoS, FP6 IP WEIRD e FP7 Ginseng (investigador responsável pela FCTUC). Participou e organizou várias conferências e workshops, e pertenceu ao comité de programa de muitas conferências nacionais e internacionais. É membro da Ordem dos Engenheiros de Portugal e do IEEE.

—–
Abstract

Internet is growing, not only in number of users, but also in the number of devices connected. This growth of the Internet requires more
bandwidth, greater quality of service and mobility support. Despite the importance of these topics, we cannot discard the relevance of
Wireless Sensor and Actuator Networks (WSANs) in what the Future Internet is concerned. The integration of WSANs in the Internet will revolutionize several concepts and it will require new paradigms. However, despite the considerable research effort in the area of WSANs in the past decade, and the maturity of some of its base technologies, many challenges persist like reliability and mobility.

This talk will address some of the work carried out in the Laboratory of Communications and Telematics of University of Coimbra about future scenarios for WSANs. It will present some results on the use of IP in WSANs, evaluating its advantages/disadvantages in mobile scenarios, and on reliability on WSANs. As many applications for WSN involve some form of mobility, the fundamental question is to evaluate the impact of the mobility of sensor nodes, sinks, and relays; and in which way mobility can improve network performance and enable new applications.

Additionally, the FP7 GINSENG project will be presented. The proposed paradigms provide a new way for allowing performance controlled in WSANs

About the speaker

Jorge Sá Silva received his PhD in Informatics Engineering in 2001 from the University of Coimbra, where is an Assistant Professor at the Department of Informatics Engineering of the Faculty of Sciences and Technology of the University of Coimbra and a Senior Researcher of Laboratory of Communication and Telematics of Centre of Informatics Engineering of University of Coimbra, Portugal. His main research interests are Mobility, IPv6, Network Protocols and Wireless Sensor Networks. He has been serving as a reviewer and publishing in top conferences and journals in his expertise areas. His publications include 3 book chapters and over 80 papers in refereed national and international conferences and magazines. He participated in European initiatives and projects such as FP5 E-NET, FP6 NoE E-NEXT, FP6 IP EuQoS, FP6 IP WEIRD and FP7 GINSENG (as Portuguese Leader).  He actively participated in the organization of several international conferences and workshops, (e.g. he was the Workshop Chair of IFIP Networking2006, Publicity Chair of EWSN2009, General Co-Chair of EWSN2010) and he was also involved in program committees of national and international conferences. He is a member of IEEE, and he is a licensed Professional Engineer. His homepage is at http://www.dei.uc.pt/~sasilva.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website