HTML5 para sistemas automotivos

On 30 de agosto de 2012 by Bernardo Reis

Desde que os acessórios veiculares começaram a ser inventados, novas tecnologias foram sendo criadas, tornando possível um numero maior de recursos nos acessórios do carro. Atualmente, as principais expectativas giram em torno dos tablets e dos smartphones. Os compradores de carros querem que o veículo possa interagir com seus aparelhos de mão e, se possível, acessar a cloud. Isso trouxe aos desenvolvedores a oportunidade de criar e vender mais produtos.

Mas isso também tem seu lado ruim para os produtores de veículos: A expectativa dos consumidores é cada vez mais alta, e os produtores não têm o mesmo tempo e dedicação dos que apenas desenvolvem aplicativos para smartphones, dificultando a produção dos produtos eletrônicos desejados pelos consumidores.

Existe uma solução para que os produtores de carros possam criar seus sistemas e manter um bom contato com os smartphones, e o nome dela é HTML5.

Muitos aplicativos para tablets e smartphones têm a dificuldade de terem muitos aparelhos diferentes, e, por isso, aplicativos devem ser desenvolvidos para cada aparelho. Por isso, muitos desenvolvedores estão recorrendo á nova tecnologia do HTML5.

Por que isso ajuda os produtores de carros? Porque ao desenvolver em HTML5, eles serão capazes de “se comunicar” com aplicativos de smartphones e tablets, estar em dia com as demandas dos consumidores e terão um padrão para desenvolvimento com outros tipo de aparelhos. E o melhor: É uma tecnologia “sem dono”, ou seja, não existem taxas para desenvolvimento, leitura ou publicação.

Mas o que torna o HTML5 tão eficiente? Com ele, é possível desenvolver aplicações que podem interagir com qualquer tipo de aparelho. Por exemplo, um desenvolvedor de sistemas veiculares pode fazer uma aplicação que se comunica com a web, aplicativos de aparelhos como smartphones e tablets e serviços na cloud; É possível também acessar serviços como telas interativas, áudio, vídeo, reconhecimento de voz e qualquer serviço disponível nos aparelhos móveis.

O HTML5 possibilita a criação dos mais diversos aplicativos, como jogos, efeitos gráficos e sonoros, e outros ricos aplicativos, que temos como exemplo, o Facebook, os sites da Google (Gmail, Calendário, Docs), LinkedIn, entre outros. A linguagem também permite a criação de aplicativos off-line, ou seja, não quer dizer que HTML5 é uma linguagem que trabalhe exclusivamente online.

Já existem companhias que estão adotando o HTML5 para produção os softwares de seus aparelhos, uma vez que tal linguagem permite a fácil interação com os diversos aparelhos já comentados. Um exemplo é o sistema QNX CAR 2 que faz uso do HTML5 para que seus softwares possam propiciar ao usuário uma experiencia unificada tanto em seu carro quanto em aparelhos e sistemas diferentes. Para mais informações sobre o QNX CAR 2, visite http://www.qnx.com/products/qnxcar/index.html.


Então, o que pode ser dito sobre HTML5 resumidamente? É uma tecnologia nova, sem proprietários e que estará em uso por um longo tempo, suporta múltiplos serviços e aparelhos, facilitando o acesso de diferentes tipos de hardware. HTML5 também propicia o acesso a diferentes tecnologias, como CSS, AJAX, OpenGL, Flash, etc. Além de ser uma linguagem de fácil desenvolvimento e que pode ser usado com várias arquiteturas e fluxos de diferentes sistemas.

One Response to “HTML5 para sistemas automotivos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.